Taita Oscar Giovanny Queta Osso Kófan

 

O Taita Oscar Giovanny Queta Osso Kófan é um curandeiro, médico tradicional, conhecedor e divulgador das tradições ancestrais e também preparador da própria medicina, o Yagé, dentro das tradições da nação Kófan.

 

Trabalhando com essa medicina desde os cinco anos de idade, hoje se considera um aluno e aprendiz do Taita Querubin Queta, sendo também seu sobrinho.

 

Nascido em Oritoputomaio, na Colômbia, dentro da comunidade indígena Kófan, iniciou o aprendizado com a medicina aos cinco anos de idade, participando dos trabalhos e tomando o Yagé.

 

Aos 13 anos de idade, iniciou seu aprendizado na preparação da medicina e, aos 17 anos, assumiu os cuidados da cuzinha do Taita Querubin.

 

 

A partir dos 23 anos de idade começou a acompanhar o Taita Querubin em suas viagens, levando a medicina e atuando como seu companheiro e ajudante.

 

Aos 25 anos recebeu a permissão para viajar sozinho, levando a medicina e realizando as cerimônias de cura e atendimentos individuais.

 

Durante 5 anos viajou por diversas cidades da Colôbia. Em seguida viajou pela Venezuela por mais 3 anos e, atualmente, está viajando por toda a américa do sul, iniciando recentemente, suas viagens pelo Brasil.

 

Já tendo tomado medicina e participado de cerimônias com outros anciôes de sua comunidade, como  o Taita Giomeres, o Taita Niversario, Taita Saulo, Taita Netali (já falecido) e o taita Albertino, Oscar leva o conhecimento e cultura dos seus ancestrais, garantindo que eles nuncam sejam esquecidos.

 

 

 

Sua missão é levar a medicina da nação Kófan para todos que desejam conhecer essa tradição e realizar curas. Seu intento é despertar a consciência da humanidade.

 

Suas cerimônias são realizadas durante à noite, normalmente iniciando por volta das 22:30 h com o uso do rapé. Depois o Yagé é utilizado em forma líquida ou em forma de mel, podendo ser tomado de duas à quatro vezes no decorrer da noite.

 

Seus trabalhos são meditativos, voltados ao aprofundamento pessoal e o despertar da consciência de cada um. Os rezos, cantos e ícaros são utilizados para auxiliar na cura e na condução da cerimônia.

 

Para finalizar o trabalho, é realizado uma cura no corpo físico de todos os participantes, de forma individual ou pequenos grupos, com a finalidade de limpar as energias, retirar as dores do corpo, da alma e do espírito.

 

Em seus atendimento individuas, Oscar utiliza sua própria energia, suas mãos e cantos para abrir o campo energético da pessoa, com a finalidade de gerar curas, despertar a consciência e equilibrar todo o ser.

 

Também faz uso do próprio Yagé, assim como outras plantas medicinais, para realizar limpezas físicas, equilibrar e liberar energias estagnadas.

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page