O Tambor

April 25, 2020

 

 

O tambor é um Espírito Antigo, vem sendo o veículo da expressão essencial dos Povos Originários desde os primórdios tribais. São muitas as histórias contadas sobre suas medicinas, sobre a importância de se cuidar com respeito, e sempre honrar seu espirito e tudo que compõe sua materialização. O tambor sempre serviu de canal de expressão, seu som traz muitas representações e utilizações. O maestro que conduz a expressão do tambor, é o Espirito do tambor, alinhando ao coração da essência que o toca.

 

O Espírito do Tambor, surge sempre em dois momentos, entre a voz e o toque, e as vezes, surge quando o Tamboreir@ se encontra fazendo um rezo somente com o toque do tambor. Ser responsável por um tambor, e ser responsável por honrar a vida que foi dada para o surgimento do seu tambor. Quando me foi entregue a Medicina do Tambor, algo que só ocorreu, depois de longos aprendizados de escuta, paciência, presença, responsabilidade, e depois de ouvir do próprio espirito do tambor historias do tambor, só ai, pude compartilhar o que eu escutei, conforme me foi orientado, e logo em seguida, fui instruído como Guardião do Tambor, Homem Tambor (Drum Man). Entre tantas coisas que me foi passado, somente quando entendesse esta manifestação, este Espirito e suas potencialidades, poderia cantar junto com o tambor. Pois bem, depois conto mais sobre o tambor.

 

Venho trabalhando com este Espirito desde os anos 90, na virada de 1999 para 2000, trouxe este trabalho para SP, me foi encomendado muitos tambores, para diversas lideranças pelo mundo. Posso dizer com certeza, assim como meus amig@s antropólogos, que fui o pioneiro em facilitar grupos de toques e cantos na América do Sul, onde estes cantos que eu passava, só o fazia com as devidas permissões e autorizações, assim aprendi. Fiz um movimento com os tambores até 2008, depois parei de facilitar oficinas de toques e cantos, realizando esporadicamente oficinas de nascimentos de tambor. Estava muito feliz com os ecos deste movimento que plantei.

 

Vendo este movimento crescer, Fui parando para poder me dedicar a outras Medicinas do Caminho Vermelho. Ao longo destes anos, conheci Essências guardiãs deste saber, assim como das canções sagradas. Entre estas pessoas, conheci Luís Francisco Pozzoni, Se Humano fantástico, Homem de medicina, Líder de Tambor e de cantos da dança do Sol, estudante e praticante dos saberes lakotas, onde neste encontro nossos corações de trovoes se falaram, nascendo uma linda dança de amor pelo que fazemos, além de ser um ótimo professor que eu tenho. E com ele, vou tecendo junto este rezo, esta possibilidade que oferto.
 

Observando os movimentos dos tambores no Brasil, senti e percebi que muitos destes entendimentos e responsabilidades não estavam sendo evidenciadas e bem cuidados por uma boa maioria, foi aqui e ai, que me deu um animo de compartilhar o saber e o carinho que tenho com esta medicina e suas possibilidades.
O intento, e compartilhar um pouquinho destes aprendizados, estarei marcando lives em dia e hora bem pontual. Sempre estaremos compartilhando via whats material e diretrizes deste intento.

 

Não será permitido assuntos paralelos ou qualquer outro conteúdo que não seja específico do grupo, caso aja o descumpri deste acordo aqui firmado, sairá do grupo.
Sejam tod@s bem vind@s !
Sintam-se em casa para convidar sintonias reciprocas deste intento.

Link para acesso está no face em Xamanismo Caminho Vermelho Brasil (Medicine Drums - Círculo de Cantos e Toques Xamânicos).


Alegria e prazer em ter todos aqui, sou Sthan Xannia Tehuantepelt, assim escrevi.

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

 Posts em Destaque

Massagem Nativa ( Xamânica)

April 17, 2015

1/9
Please reload

 Posts Recentes

April 29, 2020

April 25, 2020

April 15, 2020

April 14, 2020

April 6, 2018

June 25, 2017

June 13, 2016

December 10, 2015

November 20, 2015

November 19, 2015

Please reload

Arquivos
Please reload

Pesquisa por Tags